sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Obra Prima Ignorada, de Balzac.

          Honoré de Balzac um dos mais brilhantes escritores da história da literatura, deixou um legado vasto de obras primas que valem muito a pena serem visitadas, principalmente pelos amantes da literatura em geral.  
          Qualquer tentativa de detalhamento de sua biografia aqui não escaparia a um mero Ctrl+C, Ctrl+V das principais páginas de enciclopédia cibernéticas, como a Wikipedia, por exemplo, de modo que não vale muito se arrastar em uma apresentação deste tipo neste espaço.

          Obra Prima Ignorada é definida como um clássico sobre a busca da perfeição e loucura. E não é nada menos do que isso, sendo para mais algo próximo ao infinito. São infinitas as observações e reflexões que podem ser tiradas desse breve texto de tirar o fôlego. Para qualquer pessoa que já se arriscou a produzir qualquer tipo de arte, a narrativa é capaz de proporcionar uma catarse exultante. Para muitos, eu me incluo, a criação tem  qualquer coisa de loucura, de arrebatamento, de transcendência. Soma-se tudo isso às idiossincrasias próprias do humano, da angústia de ser, de buscar ser, de se projetar para além dos tons de cinza da saciedade dos instintos e necessidades primitivas. Enfim, uma narrativa belíssima, em especial para aqueles que ousam sonhar, criar e insistir nesses belíssimos desregramentos que tornam a vida tão mais complexa, fantástica e apaixonante.

O texto pode ser encontrado no link abaixo:

https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=3&cad=rja&uact=8&ved=0CC8QFjAC&url=http%3A%2F%2Fwww.ufrgs.br%2Fproin%2Fversao_2%2Ftextos%2Fbalzac2.rtf&ei=6YTnVMHHNPGTsQSfrYLYCg&usg=AFQjCNHh4MXhWY_5SOtdW23CTaWIuZ14VQ&sig2=zWVPrhgSgNDgTKFseBzpBw






Boa leitura!

2 comentários:

  1. Interessante postagem, Gregório.

    Vou correndo dar uma lida.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo comentário. Um grande abraço.

    ResponderExcluir